Dente

Whitemaster É Bom Mesmo?

0
Whitemaster É Bom Mesmo?

Você já ouviu falar do Whitemaster, o pó de clareamento dental que promete acabar com os tons amarelos do seu sorriso? Conhecendo ou não conhecendo o produto previamente, você provavelmente deve estar se perguntando se o Whitemaster é bom mesmo.

Afinal, o clareador promete um resultado de tratamento de consultório, método que sabemos que é bem caro! Será mesmo que é possível ter dentes brancos de forma rápida e sem precisar pagar uma fortuna por isso?

É essa a proposta do Whitemaster e você provavelmente já viu alguma blogueira (digital influencer) divulgando esse pozinho. Se você está querendo clarear o seu sorriso, descubra se o Whitemaster é realmente eficaz.

Whitemaster é bom mesmo? Vale a pena?

A resposta para isso é bem simples: o Whitemaster é bom mesmo e vale a pena, sim! Você com certeza notará a diferença, entretanto, não é possível garantir resultados de mesma intensidade para todas as pessoas.

Vamos explicar o porquê: existem dois tipos de dentes amarelados (1) arcada dentária que escureceu por conta de cigarro, consumo de muitos molhos, refrigerantes, dentre outras coisas que favorecem o amarelado (2) genética.

Quem tem os dentes muito amarelos pelo motivo (1) irá notar uma diferença incrível na tonalidade. Entretanto, quem se encaixa no grupo (2) pode não conseguir clarear os dentes por completo.

Com toda a certeza haverá resultados, pois a intensidade do amarelo sempre está relacionada com os seus hábitos, mas isso ocorre em maior ou menor grau.

De qualquer maneira, o Whitemaster é bom mesmo é bom nos dois casos, entretanto, quando o assunto é genética fica mais difícil de deixar o dente absolutamente branco.

Whitemaster é bom mesmo, mas como funciona?

A melhor maneira de te mostrar porque o Whitemaster é bom mesmo é através de sua fórmula. Há três componentes principais:

  • Carvão ativado
  • Argila Branca
  • Óleo essencial de laranja

Talvez você já tenha ouvido falar do carvão ativado, esse mineral normalmente é associado aos casos de intoxicação ou tratamento de efluentes. Isso porque tem ALTAS capacidades de absorção de toxinas e poluentes.

Nos nossos dentes, o carvão consegue remover os agentes precursores dos tons amarelados. As pastas de dente convencional não conseguem fazer isso, por exemplo.

Já a argila branca é proveniente da alteração de minerais chamados feldspatos, ricos em sílica e alumínio. Suas pequenas partículas são usadas para o polimento da superfície, limpando profundamente o dente.

O óleo essencial de laranja não possui efeitos clareadores, mas serve parar trazer frescor à higienização e, também, para matar as bactérias.

Principais dúvidas sobre o Whitemaster

Você já sabe que o Whitemaster é bom mesmo e como ele funciona. Agora, vamos responder quais são os principais questionamentos do público:

  • O produto prejudica o esmalte do dente?

O índice de abrasividade do produto (chamado de RDA – Relative Dentin Abrasivity) é menor do que o de uma pasta de dente convencional. Então, não há porque achar que vai prejudicar o esmalte do seu dente de forma agressiva.

  • Como usar o produto?

Molhe sua escova de dente, tire o excesso de água, passe no potinho para que toda a escova fique com o pó preto e escove em movimentos circulares. Faça isso por aproximadamente 5 minutos colocando uma leve pressão. Use duas vezes ao dia.

  • Quando os resultados aparecem?

Logo na primeira escavação você nota a diferença, mas o recomendado é usar o Whitemaster continuamente por 21 dias (três semanas).

  • Onde comprar?

Sabendo que o Whitemaster é bom mesmo deve estar se perguntando onde adquirir o produto. A maneira mais fácil é pelo site oficial, pois é seguro e os preços são mais em conta.

Csaude

Whitemaster Comprar

Artigo anterior

Whitemaster Funciona Mesmo?

Próximo artigo

Você também pode gostar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Dente